De quem é a razão

A razão humana, ao menos no entender de alguns, é auto-suficiente e não precisa buscar orientação em algum ser transcendente. A fé, no caso, seria apenas para pessoas sem cultura ou que ainda não atinaram para a inconseqüência de buscar referência da verdade fora do poder e da grandeza do próprio ser humano na história. Esta teria sentido, na mesma perspectiva, apenas com o endereçamento que o homem lhe der. A Palavra de Deus, então, seria apenas elaboração do desejo humano de se sustentar num poder inexistente fora de si mesmo.

Continue lendo “De quem é a razão”

Seminário de Catequese reflete sobre “Iniciação Cristã”

Domingo, 28, mais de 800 catequistas participaram do 3º Seminário Arquidiocesano de Seminário de Cateque em CuritibaCatequese que aconteceu em Curitiba (PR). Segundo os organizadores, o encontro já é tradição na arquidiocese e faz parte de uma série de encontros do mesmo porte, que são motivados pela publicação do Diretório Nacional de Catequese em 2006.

Continue lendo “Seminário de Catequese reflete sobre “Iniciação Cristã””

Poluição e eleição

Desde o mês de agosto agüentamos a proliferação de carros de som com propagandas eleitorais – certamente inúteis, ó caros candidatos! Além de lhes onerar, corroboram para a desconstrução da cidadania, provocando a ditadura da zoada, aumentando a poluição sonora. Candidatos de origem abastada gastaram fortunas. Claro que eles estão cheios da grana. Candidatos de origem humilde que os imitaram, sem condições financeiras, perderam tempo e credibilidade. Será que vossas senhorias nem desconfiam que o povo “está em outra”? Nosso povo superou a fase do “oba oba”. O povo adquire maior capacidade de discernimento sobre as verdadeiras motivações de candidaturas. Ora, vossas senhorias se lembrem que, como candidatos, representam não a si mesmos e sim aos seus respectivos partidos. Propagandas em alto e bom som, de gosto duvidoso, podem atrapalhar mais do que ajudá-los.

Continue lendo “Poluição e eleição”

CNBB lamenta morte de dom Antônio Sarto

Dom Antônio Sarto

Na manhã de hoje a CNBB divulgou nota sobre o falecimento de Dom Antônio Sarto.

A CNBB divulgou hoje uma nota lamentando o falecimento de dom Antônio Sarto, bispo emérito de Barra do Garças (MT), que ocorreu ontem, 29, em Campinas (SP) por volta das 11h. Seu corpo está sendo velado na Igreja de Nossa Senhora Auxiliadora e às 13h haverá missa de exéquias seguida do sepultamento no cemitério Flamboynt, de Campinas.

Continue lendo “CNBB lamenta morte de dom Antônio Sarto”

Há motivos para tanto medo?

Um dos meios, bastante seguros, para recuperar a saúde e a plenitude das funções físicas, nos tempos modernos, é o transplante de órgãos. Hoje  se realizam  transplantes de córnea, de rins, de fígado, de pâncreas, de coração, de pele, e até de rosto, entre outros. Não me refiro aqui aos transplantes, efetivados na mesma pessoa (p.ex. porções de pele, retiradas de uma região do corpo, para socorrer outra região gravemente afetada, da mesma pessoa).  Tal intervenção goza do privilégio de não sofrer rejeições do organismo, pois o corpo “reconhece” como suas essas partes. Estou puxando, no entanto, a conversa, para a doação de órgãos sadios, destinados a outras pessoas.

Continue lendo “Há motivos para tanto medo?”