INP realiza Seminário sobre Pastoral Urbana

O Instituto Nacional de Pastoral (INP) realizará, entre os dias 4 a 6 de novembro, ainda no contexto de “recepção das conclusões da V Conferência de Aparecida”, com o apoio do subsecretariado Geral e de Pastoral da CNBB, na sede da Conferência, o Seminário sobre Pastoral Urbana, conforme previsto pelo “Projeto Nacional de Evangelização: Brasil na Missão Continental”.

Continue lendo “INP realiza Seminário sobre Pastoral Urbana”

Com fé na política

“Com fé na política” é um programa da Arquidiocese de Belo Horizonte no âmbito do seu Projeto Arquidiocesano de Evangelização, ‘Igreja viva, sempre em missão’.  O programa número dez do Projeto Arquidiocesano de Evangelização, pela articulação da ação social e política, assume o compromisso de incrementar uma atuação mais profética na sociedade. O horizonte largo deste compromisso profético inclui investimentos para que as pessoas participem mais efetivamente das organizações e ações nas políticas públicas, evitando o assistencialismo e a pulverização de iniciativas. Trata-se do empenho para que cresçam os investimentos e a manutenção de grupos de Fé e Política.

Continue lendo “Com fé na política”

Porque orar pelos mortos?

Ao aproximar-se do dia de finados, quero partilhar com vocês algumas reflexões bíblico-teológicas sobre este tema. A fé que nos anima, faz dar sentido a tudo o que fazemos, desde um abraço, até o perdão por uma ofensa grave. Tudo na vida de quem crê tem um sentido sobrenatural, que vai além de uma visão puramente humana. Diante do enigma da morte, por maior que seja a capacidade humana, nunca chegará a entender porque Deus escolheu este caminho. O livro dos Salmos nos garante que não fomos feitos para a corrupção. “Disso se alegra meu coração, exulta a minha alma; também meu corpo repousa seguro, pois não vais abandonar minha vida no sepulcro, nem vais deixar que teu santo experimente a corrupção. O caminho da vida me indicarás, alegria plena à tua direita, para sempre”(Salmo 16,6-11). Para quem vive somente para este mundo, não pode ver sentido na morte e nem mesmo encontrar razão para rezar por aqueles que amamos na terra e que continuamos amando sempre.

Continue lendo “Porque orar pelos mortos?”

Declaração Conjunta: 31 de outubro

Quando lembramos a data de 31 de outubro, o povo luterano logo pensa: Dia da Reforma. Pois foi neste dia que Martinho Lutero, monge agostiniano católico, afixou na porta da igreja do castelo de Wittenberg (Alemanha) suas 95 teses sobre a justificação somente pela graça de Deus (sola gratia), somente pela fé em Cristo Salvador (sola fides). Era o ano de 1517.

Continue lendo “Declaração Conjunta: 31 de outubro”

Juventude caminhando para a santidade

Domingo passado, junto com tantas celebrações que marcaram nossa cidade, pudemos participar por alguns momentos do Dia Mundial da Juventude. Temos alguns momentos durante o ano em que chamamos os jovens para um encontro especial e para manifestar publicamente a fé. Além desse dia, que é uma opção nacional, temos também o Encontro Paroquial ou Diocesano dos jovens no Domingo de Ramos, e ainda as Jornadas Mundiais da Juventude, que são mundiais. A XXIII foi na Austrália, em 2008. A próxima será em Madri, em 2011, e o Brasil se candidatou para a seguinte. Acreditamos que o Rio de Janeiro, além de ter todo o apoio dos governos municipal e estadual, por sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas poderá ser um local em que se fale ao jovem sobre a nova realidade que ele pode construir em meio a tantas propostas e dificuldades. Aliás, nós temos necessidade de um movimento juvenil aqui no Rio de Janeiro. Será uma ótima oportunidade para a evangelização da juventude, em especial daquela que vive nesta cidade maravilhosa.

Continue lendo “Juventude caminhando para a santidade”

A paz é possível

Domingo passado, dia 25, tivemos a grata ocasião de celebrar a festa de Nossa Senhora da Penha, quando fizemos o envio dos nossos missionários, abrindo, assim, a Missão Continental em nossa Arquidiocese, e também a alegria de entregar aos vigários episcopais e coordenadores pastorais os exemplares da segunda etapa da preparação do 11º Plano de Pastoral. Iniciamos também, com todo o Brasil, a Semana da Amazônia que está em curso.

Continue lendo “A paz é possível”