Missionários estrangeiros visitam a sede da CNBB

A sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebeu na tarde desta sexta-feira, 10, os 19 missionários de 12 países, que estão no Centro Cultural Missionário (CCM), em Brasília, há três meses participando do Curso de Iniciação à Missão no Brasil (Cenfi).

O subsecretário de pastoral da CNBB, padre Ademar Agostinho, foi o responsável por explicar aos missionários a estrutura, instalações e funcionamento do corpo da Conferência dos Bispos. Já o assessor de imprensa, padre Geraldo Martins Dias, falou sobre a estrutura do site.

padre_rasquietti_estevaoPara o secretário executivo do CCM, padre Estêvão Raschietti, a visita à sede da CNBB faz parte do programa do Cenfi e tem por objetivo mostrar aos missionários a estrutura da CNBB e como funciona a Igreja no Brasil. “A visita está no nosso programa e tem por objetivo introduzir os missionários na caminhada da Igreja no Brasil, além de mostrar-lhes a nossa organização enquanto Igreja”. Ele comentou também sobre os estudos dos missionários no período que passam no Centro Cultural Missionário. “Os missionários têm três atividades, a principal é o estudo sistemático da língua portuguesa; a segunda é um estágio em casa de família, e a terceira uma introdução à sociedade e à Igreja no Brasil.

irma_lucia_argentinaA missionária irmã Lucia Galichio, da Argentina, afirmou que a experiência é enriquecedora porque dá a possibilidade de conhecer o país e as pessoas, além da Igreja no Brasil. “Aprendi muito sobre a cultura, mas para mim tudo ainda é novidade. Gosto da cultura e da Igreja, mas ainda conheço pouco. A espiritualidade do povo simples é muito bonita no Brasil”, disse irmã Lucia. Após o curso, que termina em uma semana, ela irá atuar em Curitiba (PR).

padre_manoel_mexicanoO missionário de Guadalupe, o mexicano padre Manoel Lslas, já atuou em Cuba, México e no Quênia. Está há quatro meses no Brasil e irá atuar no Amazonas, após o curso. Ele elogiou a visita à CNBB. “Foi muito bom estar aqui e conhecer essa rica estrutura que agrega valores da Igreja no Brasil. Também parabenizo o Cenfi por nos proporcionar essa excelência de conhecer a sociedade e a Igreja brasileira”, sublinhou o mexicano.

Dos 19 missionários do Cenfi, 18 irão atuar no Brasil e somente uma, Thereza Asia, da Indonésia, irá atuar no Timor Leste. Ela veio ao Brasil para aprender, principalmente, a língua portuguesa. Ela atuou por cinco anos no Timor Leste e retornará novamente para continuar o trabalho que deu início.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *