Como celebrar em Cristo um novo ano?

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz

Bispo Diocesano de Campos (RJ)

Na oitava de Natal junto com a Solenidade de Maria Mãe de Deus a humanidade inicia um novo ano civil. O Natal marca e registra a irrupção do eterno e do infinito na história humana. Deus decidiu morar definitivamente conosco, dando também um sentido de transcendência ao calendário, o Cronos ( tempo profano ) se torna Kairós ( tempo da graça ). Continue lendo “Como celebrar em Cristo um novo ano?”

Expectativas

Dom Paulo Mendes Peixoto

Arcebispo de Uberaba (MG)

Apesar de muitos contra-valores vivenciados no ano que passou, as expectativas para 2014 são sempre positivas. Pensar só em coisas negativas é atrair o negativo. Da mesma forma, quem se apóia na esperança, no bem e nos valores positivos, também atrai para si coisas boas. A esperança significa viver sob a ação da luz e não da escuridão. Continue lendo “Expectativas”

Novo Ano

Dom Jaime Spengler
Arcebispo Metropolitano de Porto Alegre (RS)

Iniciando um novo ano, nos damos conta que mais um tempo passou; passou rápido, devagar de mais? Mas, afinal o que é o tempo? O tempo é algo tão próximo de nós, e, ao mesmo tempo, tão difícil de definição. “Se ninguém me perguntar, eu sei; se quiser explicá-lo a quem me fizer a pergunta, já não sei”(Agostinho). Podemos, talvez, afirmar que as primeiras respostas do ser humano a esta questão, foram forjadas a partir da observância do ritmo do sol e das estrelas.

 

Continue lendo “Novo Ano”

Um horizonte de esperança

Dom Anuar Battisti

Arcebispo Maringá (PR)

“Na vida de cada um de nós há sempre uma necessidade de recomeçar, de levantar-se, de recuperar o sentido da meta de sua existência” (Papa Francisco, na abertura do Advento). Na maioria das vezes somos tentados a buscar culpados pelos nossos erros e fracassos.  Recuperar o sentido da vida e da conquista do pão com o suor do próprio rosto é a condição para viver com dignidade sem lamentos ou falsas expectativas. Talvez o que mais pesa é querer concertar o passado, ou talvez criar sentimento de culpa, e até mesmo pensar que não valeu apena. Tenho certeza que não temos outra saída a não ser recomeçar, apostando tudo no momento presente, cientes de que o futuro não nos pertence. Continue lendo “Um horizonte de esperança”

Vamos aos pobres

Dom Orani João Tempesta, O. Cist.

Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

O Papa Francisco em sua Exortação apostólica “Evangelii Gaudium” quando inicia falando da inclusão social dos pobres nos diz que “deriva da nossa fé em Cristo, que Se fez pobre e sempre Se aproximou dos pobres e marginalizados, a preocupação pelo desenvolvimento integral dos mais abandonados da sociedade” (nº 186). E continua: “Cada cristão e cada comunidade são chamados a ser instrumentos de Deus ao serviço da libertação e promoção dos pobres, para que possam integrar-se plenamente na sociedade; isto supõe estar docilmente atentos, para ouvir o clamor do pobre e socorrê-lo.” (nº 187) Continue lendo “Vamos aos pobres”

Na oração do Angelus, papa ressalta a situação de famílias refugiadas

“José, Maria e Jesus experimentam a condição dramática de refugiados, marcada pelo medo, pela incerteza e pelo incômodo. Infelizmente, em nossos dias, milhões de famílias podem se identificar com esta triste realidade”, disse o papa Francisco, durante a Oração do Angelus, realizada neste domingo, 29, dia dedicado à Sagrada Família.

Continue lendo “Na oração do Angelus, papa ressalta a situação de famílias refugiadas”

Ano desejado

Dom José Alberto Moura, CSS
Arcebispo Metropolitano de Montes Claros

Ao iniciarmos um novo ano, em geral queremos algo de novidade, ou de melhor. Problemas superados! Maior felicidade! Saúde! Melhor Política! Eleições limpas! Crescimento na fé! Mais compreensão e fraternidade! Até novidades na orientação da Igreja! Bênçãos de Deus! Família unida! Jovens bem formados e superando as armadilhas da droga e da morte! Mais respeito à coisa pública! Políticos que servem e não se servem do povo! Alguém gostaria até de ganhar na loteria! Continue lendo “Ano desejado”

Seminaristas vivenciam experiência missionária em Porto Velho

Mais de 80 missionários participaram da missa do envio, na catedral de Porto Velho (RO), no último dia 27, marcando o início da 2ª Experiência Missionária com Seminaristas, que prosseguirá até o dia 26 de janeiro. De acordo com o arcebispo, dom Esmeraldo Barreto, o evento reúne 65 seminaristas diocesanos vindos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Bahia e Rio Grande do Norte.  Também estão presentes dez seminaristas de Porto Velho, duas missionárias leigas, dois diáconos religiosos, seis padres e jovens da arquidiocese, que fazem acompanhamento vocacional.

Continue lendo “Seminaristas vivenciam experiência missionária em Porto Velho”

2013. E agora, José?

Dom Alberto Taveira Corrêa
Arcebispo da Arquidiocese de Belém – PA

A expressão é de um conhecido poema de Carlos Drummond de Andrade, mas a mesma pergunta pode ser feita ao José de Nazaré ou a tantos “Josés”, presentes dentro de nós e em torno a nós. Depois do Natal e das festas que correm, o que fazer da vida e como aproveitar as muitas lições do ano que termina? Se o cenário do Natal é carregado de ensinamentos, pedimos hoje licença às outras figuras nele presentes, para contemplar, de modo especial, o homem a quem foi confiada a guarda da Sagrada Família, inspirados por palavras de fogo e simplicidade pronunciadas pelo Papa Francisco, quando começou seu ministério de Sucessor de Pedro: Continue lendo “2013. E agora, José?”