Empresário, nobre tarefa

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)

O Papa Francisco, na Exortação Apostólica Alegria do Evangelho, afirma que a vocação de um empresário é uma nobre tarefa. Lamentavelmente, essa nobreza é atacada pela corrupção que afeta funcionamentos de instâncias decisivas nos rumos da sociedade brasileira. A altivez da tarefa do empresário, diz o Papa Francisco, se verifica na medida em que este se deixe interpelar por um sentido mais amplo da vida e se engaje no serviço decisivo ao bem comum, em um esforço para tornar as riquezas deste mundo mais acessíveis a todos. Para isso, as complexidades e exigências das atividades econômicas não podem estar sob a regência do mercado, com suas forças cegas e invisíveis. O mercado tende sempre a comprometer o crescimento justo, que beneficia a coletividade. Com a desarvorada pretensão de aumentar a rentabilidade de poucos, gera novos excluídos e cristaliza situações de privilégios. 

Continue lendo “Empresário, nobre tarefa”

Confiar para construir nova história

Dom Eurico dos Santos Veloso
Arcebispo Emérito de Juiz de Fora (MG)

Quando lemos Gênesis, 22, estamos diante da maior prova de fé de Abraão. Os estudiosos afirmam que o episódio do sacrifício de Isaac serviu de base para que o povo de Deus jamais admitisse sacrifícios humanos. Disso aprendemos que a vida é dom de Deus, mas isso não significa que Ele exija para si a vida de suas criaturas, nem no passado, nem no presente.

Continue lendo “Confiar para construir nova história”

Quaresma

O Tempo da Quaresma nos orienta e prepara para a suprema festa cristã: a Páscoa. Por sua vez a Páscoa ilumina toda a busca cristã. Assim, nós, enquanto atravessamos os quarenta dias do ‘deserto quaresmal’, com a atenção fixa no evento pascal, podemos aprender do combate de Jesus contra o mal, qual a nossa missão no mundo de hoje. Promover a vida plena para todos, empenhados em afastar de nós qualquer expressão do mal.

Continue lendo “Quaresma”

Do pior para o melhor

 

 

 

Dom Alberto Taveira Corrêa
Arcebispo de Belém do Pará (PA)

A transfiguração continua a revelação da identidade de Jesus, iniciada no batismo no Rio Jordão. Jesus é o Filho amado de Deus, enviado para ser ouvido. É ele a Palavra, o Evangelho, a habitação de Deus. Nele encontraram sentido as Escrituras representadas por Moisés e Elias. Os três apóstolos, espectadores atônitos e medrosos diante da manifestação de Deus, vivem depois a doçura daquela experiência, mas devem continuar, descer para a planície, depois da antecipação da luz do Ressuscitado.

Continue lendo “Do pior para o melhor”

O sentido da Quaresma em São Leão Magno a partir de algumas de suas homilias

 

 

 

Dom Vital Corbellini
Bispo de Marabá (PA)

Introdução

A quaresma é um tempo privilegiado para a nossa conversão pessoal e pastoral. Somos convidados a fazer práticas de caridade, ajudando pessoas mais necessitadas que nós, práticas de oração, voltando-nos mais para Deus e o seu Reino, práticas de jejum, preparando-nos com a vida para a Páscoa do Senhor Jesus.

Leão Magno foi Papa da Igreja católica de 440 a 461. Ele atuou de uma forma decisiva num período difícil na sociedade do Império romano aonde teve que defender o povo diante das ameaças de invasão de outros povos, sobretudo ao povo de Roma, e além disso ele enfrentou a heresia monofisita, que negava a humanidade do Verbo de Deus. Em seu tempo ocorreu o Concílio de Calcedônia, que definiu as duas naturezas do Senhor, a sua humanidade e a sua divindade na única Pessoa do Verbo de Deus Encarnado. Ele também falou sobre a quaresma, o seu sentido, o jejum e práticas de obras boas nesse período que impulsiona à Páscoa, a passagem da morte para a vida em Jesus Cristo e também é a nossa páscoa, presente e futura. A seguir nós veremos o pensamento de Leão Magno a respeito da Quaresma, colhendo alguns itens de algumas de suas homilias.

Continue lendo “O sentido da Quaresma em São Leão Magno a partir de algumas de suas homilias”

Irmãs Catequistas Franciscanas completam 50 anos de missão na Amazônia

Com a missão de evangelizar por meio da educação, nasceu em 1915, a Congregação Irmãs Catequistas Franciscanas, na cidade de Rodeio (SC). Há 50 anos, as religiosas estão presentes na Amazônia e desenvolvem trabalho pastoral com indígenas, ribeirinhos e seringueiros no Acre, Rondônia, Amazonas e Roraima. A dedicação e persistência das irmãs contribuem para a evangelização dos povos da região amazônica. Pelos rios, a pé ou à cavalo, as religiosas levam, pela educação, a mensagem de esperanças as crianças, jovens e adultos.

Continue lendo “Irmãs Catequistas Franciscanas completam 50 anos de missão na Amazônia”

CNBB disponibiliza cartilha sobre projeto de reforma política

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) disponibilizou, por meio do Centro de Pastoral Popular, a cartilha “Reforma política democrática já – o sistema político a serviço do povo”. O subsídio sugere quatro encontros para esclarecer as principais dúvidas apresentadas em relação ao projeto de Lei de Iniciativa Popular proposto pela CNBB e outras 105 entidades que compõem a Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas.

Continue lendo “CNBB disponibiliza cartilha sobre projeto de reforma política”

Regional Sul 2 envia materiais para missão em Guiné Bissau

Voluntários da Missão Católica Beato Paulo VI fizeram, na quarta-feira, 25, o carregamento do primeiro contêiner de materiais que será enviado à Guiné Bissau. As doações de materiais de construção, ferragens, máquinas, eletrodomésticos, colchões, roupas e outros objetos seguiram de Ponta Grossa (PR) para o porto de Paranaguá (PR). De navio, o contêiner segue até o país africano e tem previsão de chegada em meados de abril.

Continue lendo “Regional Sul 2 envia materiais para missão em Guiné Bissau”