Indíos lançam Manifesto sobre Educação Escolar Indígena

Mais de 100 professores indígenas estiveram presentes na manhã desta quarta-feira, 29, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), para o lançamento do Manifesto sobre a Educação Escolar Indígena no Brasil – Por uma Educação Descolonial e Libertadora. A publicação é do Conselho Indigenista Missionário (Cimi). Foi produzida por representantes de cerca de 50 etnias de todas as regiões do país e dedicada aos povos indígenas do Brasil. Apresenta pesquisa e atualização de dados feitos pelos regionais do Cimi.

Continue lendo “Indíos lançam Manifesto sobre Educação Escolar Indígena”

Educadoras negras elaboram subsídio sobre “Educação Étnico-Racial”

Estudos, pesquisas, partilhas de vida, registros de experiências e sistematização do trabalho das Educadoras Negras da Pastoral Afro-Brasileira, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), possibilitaram a elaboração de um subsídio com informações e estratégias pedagógicas para valorizar a diversidade e compreender e superar o preconceito, a violência e a discriminação racial nas relações educacionais das escolas brasileiras.

Continue lendo “Educadoras negras elaboram subsídio sobre “Educação Étnico-Racial””

Educar nos dias de hoje

Dom Aloísio Roque Oppermann
Arcebispo Emérito de Uberaba (MG)

Um filhote de leão precisa aprender poucas coisas de sua mãe, para se tornar um animal adulto bem sucedido: saber como atacar uma caça, de que jeito se defender dos perigos, como conviver com os da sua espécie. Já o homem é o mais complexo dos animais para aprender. Ao nascer nada sabe a não ser mamar. E seu aprendizado não se restringe a um poucos pontos iniciais. Para sobreviver e desenvolver suas enormes potencialidades, é obrigado a acrescentar conhecimentos novos e adaptar hábitos diferentes, para se tornar uma pessoa adulta, plenamente desenvolvida. Isso é tarefa permanente. E o mais difícil é que a educação precisa ser diferenciada, de acordo com as épocas novas que vão se sucedendo. Tempos houve em que uma oportuna chinelada punha a caminhada no rumo certo. Hoje tal expediente pode produzir efeitos contrários. Deve-se fixar que educação não se refere somente ao âmbito escolar. Mas se refere à família, à convivência social, à auto-educação.

Continue lendo “Educar nos dias de hoje”

Grupo conclui estudo sobre estratégias pedagógicas para a valorização da diversidade

EdeucadoresNegras20032013

Composto por educadoras de Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal, Bahia, Maranhão, Rio Grande do Sul, o Grupo de Reflexão das Educadoras Negras é coordenado pela Pastoral Afro-brasileira. Depois de dois anos de reflexão, foi concluído no último dia 17 de março o estudo “História e culturas africanas e afro-brasileiras na Escola”.

Continue lendo “Grupo conclui estudo sobre estratégias pedagógicas para a valorização da diversidade”

Dom Eduardo Koaik, um defensor do Ensino Religioso

Dom_Eduardo_Koaik

Educadores e Educadoras do Brasil agradecem ao bispo emérito de Piracicaba (SP), dom Eduardo Koaik, falecido no último dia 26 de agosto, o que fez e ensinou sobre o Ensino Religioso nas Escolas do Brasil. Divulgamos dois de seus artigos, publicados no jornal Folha de São Paulo, nos anos de 1995 e 1996 sobre o Ensino Religioso.

Continue lendo “Dom Eduardo Koaik, um defensor do Ensino Religioso”

Grupo de Reflexão Educadoras Negras se reúne na CNBB

reuniao_pastoral_afro

Do dia 20 ao dia 22, a Pastoral Afro-brasileira se reúne com Ministério da Educação (MEC), e a Pastoral da Educação para discutir, dentre outros temas, a implementação da Lei 10.639/03. O dispositivo estabelece a obrigatoriedade do ensino da História e Cultura Afro-brasileira e Africana na educação do Ensino Fundamental e Médio. A reunião visa refletir sobre a educação, com o recorte étnico racial, para subsidiar as ações da pastoral afro-brasileira.

Continue lendo “Grupo de Reflexão Educadoras Negras se reúne na CNBB”